FESTAS E MANIFESTAÇÕES CULTURAIS

Festa do Mangue do Cumbe

Desde o ano de 2007, que a comunidade desenvolve durante a semana em defesa dos manguezais (26/07), uma série de atividades sobre a temática manguezal. A partir de 2014, surge a ideia de realizar a “I Festa do Mangue do Cumbe”, ampliando, desta forma, o debate sobre a importância dos manguezais para o Cumbe e para as comunidades pesqueiras e ambientes associados à dinâmica costeira, como também seus serviços ambientais. Denunciando o avanço das atividades econômicas que ameaçam modos de vidas e ao ecossistema manguezal.

Celebrar o mangue e toda sua vida, não perdendo de vista a luta travada pela comunidade há quase duas décadas, percorrer o território e locais de memória, fortalecer os laços comunitários e aproximar mais pessoas das ações desenvolvidas pela Associação Quilombola do Cumbe em parceria com a Casa Maré das Artes, são algumas das bases que guiam a construção coletiva da Festa do Mangue do Cumbe. Entendemos esse momento de suma importância para a luta que vem sendo travada pela libertação do território e afirmação da identidade quilombola dos pescadores/as do mangue do Cumbe.

Bloco Os Karambolas

 

Bloco carnavalesco, formado por pessoas de várias idades da Comunidade Quilombola do Cumbe, onde saem no domingo de carnaval, revivendo uma antiga tradição local, em que os brincantes se fantasiam principalmente de papanguns, e outros personagens. Durante a folia carnavalesca a brincadeira do mela-mela corre solta.

            Bloco Os Karambolas 2020

               V Ano do Bloco Os karabolas do Cumbe

Arraiá no Manguezá

Festa junina que acontece no mês de junho de cada ano, que tem como objetivo aproximar a comunidade quilombola do Cumbe para valorizar a cultural nordestina camponesa, dando destaque para cultura litorânea pesqueira, a pesca no manguezal. Dessa junção de cultura nasceu o Arraiá no Manguezá com quadrilha junina de crianças, jovens e adultos. Além de barracas com comidas típicas, casamento matuto, forró e queima de fogueira.

Queima de Judas e Pau de Sebo

Atividade cultural que acontece durante a Semana Santa, relembrando a traição de Judas a Jesus Cristo. No sábado de aleluia, acontece o tradicional queima de Judas e leitura do seu atestado. Depois tem o pau de sebo e muito forró.

Dia do Quilombo do Cumbe – 05/12/2014

Data comemorativa a certificação da Comunidade Quilombola do Cumbe pela Fundação Cultural Palmares. Por ocasião desta data, o 05 de dezembro ficou marcado como dia do Quilombo do Cumbe. Momento festivo e de avaliação do processo de luta pelo reconhecimento e pela garantia dos direitos das famílias quilombolas.

A Festa do Padroeiro do Cumbe Nosso Senhor do Bonfim.

A Festa do Padroeiro do Cumbe acontece no terceiro domingo de novembro. As nove noites de novenas dedicadas ao Senhor do Bonfim do Cumbe, acontecem na Capela da comunidade. A cada noite, a celebração da palavra fica sob a responsabilidade de uma comunidade convidada. Durante os festejos há barracas com comidas típicas. No sábado a noite, véspera do dia do padroeiro, no Clube Agito Jovem, é realizada a tradicional festa dançante com bandas de forró da região

Associação Quilombola do Cumbe - Comunidade do Cumbe, Aracati, Ceará.

  • Facebook - Grey Circle